HIP HOP

January 25, 2015

 

Som: HIP HOP

Instrumental : Di Marzio

Scratch : DJ Osir

Letras & Vozes : KO aka Veterano, Johnny P, Lazy, Oge, Ridículo, Bob 70, General Katana, Waste & Suspeito Óbvio

 

Johnny P : Hip Hop é uma cultura companhia do dia a dia, realidade pura e dura a minha filosofia / ku nha bro KO, veteranos com certeza, se o vosso poder vem do dinheiro, para nós isso é fraqueza / todos querem realeza sem serem reais, não sou só mais um sei que há gente a mais / venham os instrumentais que nós trazemos sabedoria, saber é poder chega de hipocrisia /

 

Lazy: Respeito através de palavras, rítmicas várias / com métricas eléctricas, silábicas descargas / são práticas as armas são batidas acompanhadas de letras cobertas de sentimento em faixas / sete pecados foi o vírus injectado em novo / alastramento da cultura em todo o meu corpo / Hip Hop não está morto, isso é o que eles ladram / Lisboa e Porto conexão os versos nunca acabam

 

Oge: Hoje unidos estamos juntos, na partilha de tópicos ideias e assuntos / troca de óptica, criamos mundos de iniciativa própria / não dá para a cópia / é a rima tácita, a saga prática / do povo operário da fábrica / é a produção máxima à escala do globo / deste protótipo óptimo hoje de novo

 

Refrão: Hip Hop, nós não abandonamos, Hip Hop protegemos e espalhamos, no papel desabafamos com palavras brincamos, e com rimas criticamos nos microfones PO PO x 2

 

Ridículo: Hip Hop é a minha vida isto não é Blá Blá, é aquilo que mantém a minha cabeça sã, isto não é brincadeira deixa-me rir Ah Ah, porque não estás preparado yo volto amanhã / porque é complexo, a rua deixa-te perplexo, o real segredo ya mano isso está em anexo / Hip Hop ca ta brinca a rua jinga, com atitude na batida bato o pé porque isto é

 

Beto di Ghetto: Rap genuino é kel kim gosta d’oubi, si bo for um MC mostra mas bo atitudi, oubi la, rap é história tem história, Hip Hop batizan mestri di cerimónias, ó glórias, manda xuxu bem, cu mi na microfini ca ta leba mas ninguen, deixo esta poesia, oubi li, o verdadeiro conceito que vive dentro de mim

 

Bob 70: Mi ké Bob 70 nu ta bai nu ta bai, nos é hip hop tropas ki ca ta cai, nos ki sta djunto nu sta pronto pra guerra / one love pa nha bros, riba ou baxo terra x 4

Refrão

 

General Katana: não era magia mas sim alquimia, coisas que eu sentia formas de energia, a nossa rebeldia gerou poesia, univeros feito verso ao longo do dia, eu vou gritar Hip Hop vai-se ouvir em marte, somos embaixadores desta forma de arte, procura e descobre o teu talento que ainda vais a tempo de integrar o movimento

 

Waste: fanáticos ou escumalha como os outros vêem, apaixonados que atrapalham o que os outros vendem, mas nada apaga a chama malha que tu sentes / versos são acendalhas e detalhes reflectem sempre / directamente de gizeh, a colar a cena toda, maneiras de pensar como tu tás na boa, nas leis das nossas ruas escuta o recado, coisas da vida represálias, o ideal é diálogo

 

Suspeito Obvio: Mano agarra sente escuta, amor e luta à mistura, na pura sintoniza a cura, na rua contra-cultura, são sete pecados mortais, vou para o submundo no expresso, sem cerimónias fui absorvendo o alfabeto, agora Grito Cru, seguimos um caminho só, oriundo da nova escola e veteranos KO, trata o micro com respeito, ou é o quebrar do gelo inverso, isto é serviço publico neste mundo complexo

 

KO aka Veterano: Mc’s de choque, no undaground do Hip Hop, a erguer a bandeira deste nosso Hip Hop português / sem boicotes nem flop’s, sem atrelado nem reboques, levam o Hip Hop para a frente a ritmo que não os vês / Sempre na mesma, desde o Porto a Lisboa, estamos aqui para rimar até que a voz nos doa / Rap Responsável com espirito forte e activista, passado presente futuro todos juntos na mesma pista

Refrão

Please reload

Featured Posts

VIDEOCLIP "A VOZ DO POVO"

April 25, 2014

1/2
Please reload

Recent Posts

July 29, 2019

Please reload

Search By Tags
Please reload